top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Banrisulenses discutem a pauta de reivindicações e avançam na prevenção à Covid-19

Nesta segunda-feira, 17 de agosto, os banrisulenses tiveram mais uma rodada de negociação com o Banrisul, onde trataram sobre saúde e situação dos Caixas. Na quarta-feira, 19, haverá mais uma mesa para discussão global da pauta. No início da reunião, os negociadores do banco responderam às demandas do Comitê de Crise da Covid-19, afirmando que nas agências onde algum funcionário testou positivo todos os empregados serão testados mesmo que o prazo entre o último contato e a confirmação do contágio seja superior a 14 dias. O teste se estende também para aqueles que cruzaram com os casos positivos durante os rodízios. Além disso, como medida de prevenção o banco emitirá recomendações quanto ao chimarrão, para que não seja compartilhado dentro das agências.

Sobre os Caixas, foi apresentada a versão preliminar do Programa “Horizontes” de Realocação, oferecido pela Universidade Corporativa. O programa atinge 1.276 empregados na função. Após a formação, muitos deles estarão aptos a ocupar outras funções evitando assim prejuízos aos que forem desligados do cargo.

O Banco ainda informou sobre a emissão do Fato Relevante a respeito do PDV, que ocorreu nesta segunda-feira, mas a proposta ainda não foi recebida pela comissão de negociação do Comando dos Banrisulenses. Ao final os negociadores do banco assumiram o compromisso de trazerem uma proposta global para próxima rodada com os elementos que foram debatidos até o momento.

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page