top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Coronavírus: afastados não devem cadastrar horas negativas

O Santander adota o seguinte protocolo de segurança para casos de covid-19 confirmados, em agências ou departamentos: o local é fechado por 14 dias e todos os trabalhadores são afastados. Mas isso só ocorre quando a equipe médica do banco assim indica.

Nesses casos, os afastados que não foram testados positivos, podem ficar em regime de home office ou terem seu ponto eletrônico abonado, isso fica a critério do banco. Mas é importante ressaltar que nenhuma das duas situações (home office ou ponto abonado) deve resultar em adesão ao banco de horas compensáveis. Ou seja, o trabalhador não deve sair do afastamento devendo horas ao banco.

Mas alguns trabalhadores estão sendo mal orientados. O Sindicato dos Bancários de São Paulo apurou que alguns gestores estão indicando a seus subordinados que estão afastados, por terem tido contato direto com positivos para covid-19, que cadastrem o período de afastamento no banco de horas negativo.

“Esta orientação está errada, segundo o próprio RH do banco. É portanto completamente irregular e os bancários do Santander que estiverem passando por isso devem denunciar ao Sindicato”, avisa a diretora do Sindicato e bancária do Santander, Lucimara Malaquias.

Procure o Sindicato

O Sindicato está monitorando todos os locais de trabalho e alertando os bancários.

Para denúncias, entre em nossos canais disponíveis.

Fonte: SP Bancários

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

EDITAL ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA ESPECÍFICA - SANTANDER

O Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Financeiro de Florianópolis e região, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 83.902.122/0001-09, Registro sindical nº 46000021404/2005-51, por seu representante legal abaix

Comments


bottom of page