top of page
  • medeirossilvia

Dirigentes da Fetrafi-SC fazem curso de Formação Sindical

Programa organizado pela Contraf-CUT inclui história da luta sindical e promove ferramentas para mobilização da categoria


O curso de Formação Sindical para Dirigentes, programa da Secretaria de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), foi oferecido aos dirigentes das bases da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras de Santa Catarina (Fetrafi-SC). As atividades ocorreram em Florianópolis, no sábado (28) e domingo (29), com 35 participantes.


A metodologia do curso é baseada em Paulo Freire e Lev Vygotsky, com foco na construção do conteúdo de forma interativa, através de debates direcionados, textos, vídeos, informações e depoimentos.


Neste primeiro módulo, as atividades são concentradas em temas voltados para a atuação sindical da categoria bancária, para o entendimento da economia e o para papel do dirigente sindical, em especial no atual cenário político-social do país.


Entre os tópicos, destacam-se as lutas anteriores à formação dos sindicatos no Brasil, a origem da organização sindical no país, os sindicatos na Era Vargas e o sindicalismo durante a ditadura militar de 1964. O conteúdo também inclui ferramentas de ação, inclusive as mais modernas, como redes sociais, com incentivo ao seu uso.


Para o secretário de Formação da Contraf-CUT, Rafael Zanon, “o Curso de Formação Sindical – Introdução à História do Movimento Sindical e Ferramentas de Luta oferece um amplo panorama da formação e da atuação sindical no Brasil, pois a história do movimento é sempre uma referência para a classe trabalhadora, de um modo geral, e para a categoria bancária, em particular. Esse conhecimento permite que todos pensem melhor o presente e o futuro”.


O secretário avaliou como muito positiva a recepção do curso em Santa Catarina. “A presença foi muito boa. A atuação bastante efetiva de todos contribuiu para a dinâmica das atividades, e isso transformou o conteúdo debatido em novas ferramentas para luta da categoria”, disse. “A formação tem um caráter estratégico para as ações tanto de dirigentes como das entidades sindicais. E o programa de formação da Contraf-CUT é estruturado em um processo de construção coletiva, que considera a vivência dos participantes, o que aprofunda o aprimoramento de nossa atuação”, concluiu.

9 visualizações0 comentário
bottom of page