top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Empregados do Badesc aprovam minuta do ACT

Em assembléia geral extraordinária realizada na última sexta-feira 25/10/2019, os empregados do Badesc aprovaram a minuta do Acordo Coletivo de Trabalho referente aos anos 2018/2020.

Além da manutenção dos direitos dos bancários e bancárias do Badesc, a negociação garante em Acordo Coletivo o pagamento da PLR dos anos 2018 e 2019 e a possibilidade de constituição de mesas permanentes de negociação com a Dicol, nos moldes do que já ocorre com as mesas temáticas entre a Fenaban e a representação dos trabalhadores. Também prevê a reposição integral do INPC mais ganho real de 1% sobre todas as verbas salariais, vale alimentação e vale refeição sobre o mês de agosto de 2019, índice de reajuste conquistado pela categoria na campanha nacional dos bancários no ano passado.

Sobre a vinculação do cumprimento do contrato de gestão ao recebimento da PLR em 2019, os representantes dos empregados irão solicitar maiores esclarecimentos à direção do Badesc antes da assinatura do Acordo Coletivo, embora os negociadores do banco tenham afirmado em mesa que o objetivos planejados pela instituição já foram cumpridos no período.

Também foi aprovada na assembléia pelos trabalhadores do Badesc a Contribuição Negocial, importante instrumento de sustentação financeira para as lutas da categoria e sua organização, distribuídos para os sindicatos, federações e confederação. Desta forma, haverá o desconto único de 1,5 % sobre os salários já reajustados, com piso de R$ 50,00 e teto de R$ 250,00. Sobre a PLR, o desconto de 1,5 % será efetuado no pagamento da PLR 2019, com limite máximo de R$ 210,00. Para os bancários filiados ao sindicato, o Seeb abrirá prazo para a solicitação da compensação de 70% dos valores descontados.

Também foi aprovado na assembléia o ajuizamento de ação coletiva cobrando o pagamento da PLR referente ao ano de 2017, o qual a Direção do Badesc não negociou em função de não ser de responsabilidade da atual gestão.

Para Marco Silvano, presidente do Seeb Floripa, o processo negocial é dinâmico e o resultado depende diretamente do envolvimento e participação dos trabalhadores.

A Direção do SEEB Floripa busca, em breve, a marcação de uma reunião com a Diretoria do Badesc para a assinatura em definitivo do ACT e reafirma a disposição de manter o processo negocial para continuar trabalhando pelos direitos dos bancários.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page