top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Entidades cobram Bradesco sobre temas de interesse dos bancários

A COE Bradesco (Comissão de Organização dos Empregados do Bradesco) se reuniu com representantes do banco nesta terça, 20 de agosto. Na reunião, os representantes dos trabalhadores trataram de temas como a renovação de acordos específicos, exposição vexatória de bancários na ação Folha em Foco, PDE (Prêmio por Desempenho Extraordinário), esclarecimentos sobre utilização do celular coorporativo, possibilidade de novo PDVE, PLR, plano de saúde, entre outros. “Apesar da sinalização positiva quanto a assinatura dos acordos aditivos, o Bradesco mais uma vez frustra a representação dos empregados, negando-se a estender o Plano de Desempenho Especial a todos os funcionários e o Plano de Saúde aos aposentados. Vamos seguir cobrando o banco para que atenda estas reivindicações tão importantes para seus empregados”, disse Sandro Cheiran, diretor da Fetrafi-RS e representante gaúcho no COE. Folha em Foco A COE solicitou que cesse a ação Folha em Foco, que incentivou equipes a usarem a criatividade para “dar o start” da campanha de captação de folhas de pagamento. PDE Sobre o PDE, o banco fez questão de frisar que é adicional a PLR (Participação nos Lucros e Resultados), sem desconto ou redução da mesma. Além disso, esclareceu que o acompanhamento para a premiação será feito por indicadores já existentes, sem a criação de um novo.

Os representantes dos bancários cobraram que o programa seja objeto de negociação com o movimento sindical e reforçaram a reivindicação para que todos os bancários do Bradesco sejam elegíveis para o PDE, inclusive funcionários de departamentos. O banco registrou a reivindicação, mas informou que, por hora, a abrangência do programa já está definida. PDVE Corre entre funcionários do Bradesco informações sobre possível abertura de um novo PDVE. Para esclarecer a questão, a COE cobrou um posicionamento do banco, que informou que não há previsão de abertura de um novo programa. Celular coorporativo A COE reivindicou esclarecimentos sobre o uso dos celulares coorporativos, especialmente no que diz respeito ao tempo que os bancários devem de ficar a disposição para ligações de clientes, uma vez que cartazes nas portas das agências divulgam os números para contato.

O banco ficou de responder sobre a questão aos representantes dos funcionários. PLR Questionados pelos representantes dos funcionários, o banco informou que ainda não tem a data para o pagamento e que informará assim que a mesma for definida. A data limite para o pagamento, prevista na Convenção Coletiva de Trabalho, é 20 de setembro. Plano de saúde O banco enfatizou que a exigência de comprovação de dependência econômica para inclusão de dependentes no plano de saúde sempre constou na apólice e que, por enquanto, não há espaço para mudanças.

Fonte: Sindicato dos Bancários de São Paulo, com informações da Fetrafi-RS

0 visualização0 comentário
bottom of page