top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Greve Geral: Bancários aderem à paralisação nesta sexta-feira

A greve geral desta sexta-feira (14) começou cedo para os trabalhadores do setor bancário. Logo nas primeiras horas da manhã, os dirigentes do Sindicato e os funcionários de bancos que cruzaram os braços foram às ruas contra a reforma da Previdência do governo Bolsonaro, contra a privatização de empresas públicas e em defesa dos bancos públicos.

“A categoria bancária sempre foi protagonista das grandes lutas em defesa de direitos e continua sendo uma das mais fortes e organizadas do país. Por isso, mais uma vez, estamos exercendo nosso legítimo direito de greve em defesa do direito à aposentadoria e do Regime Geral da Previdência Social, ameaçados pela proposta de reforma do atual governo. E também contra todos os retrocessos que estamos vivendo no país, como o desmonte dos bancos públicos, dos projetos sociais, os cortes na educação e o alarmante nível de desemprego”, destaca o presidente do Sindicato dos Bancários Marco Aurélio Silvano.

Diversas outras categorias aderiram à paralisação. Além de bancários, professores, metalúrgicos, trabalhadores da Educação, da saúde, de água e esgoto, dos Correios, da Justiça Federal, químicos e rurais, motoristas, cobradores, caminhoneiros, eletricitários, vigilantes, servidores públicos municipais, estaduais e federais, petroleiros, enfermeiros e previdenciários.

Após o meio-dia, trabalhadores e estudantes se uniram percorrendo as principais ruas do centro da Capital, convocando a população para o ato marcado para o final da tarde, pressionando para que os comerciantes fechassem suas portas.

A direção do Sindicato visitou diversas unidades nesta sexta-feira dialogando com os colegas que não aderiram ao movimento paredista, convidando-os para se juntar aos que cruzaram os braços desde o início do dia e participarem no final da tarde do grande ato em defesa da Previdência Social. A concentração será na praça de lutas ao lado do antigo terminal a partir das 16 horas! A hora é agora! Este é um dia de Luta pela Previdência e contra a retirada de direitos. Faça sua parte!!!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page