top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Mulheres tomaram as ruas de Florianópolis neste 8 de março

Nesta sexta-feira, 8, varias ações de luta das mulheres foram realizadas em todo o país para marcar o Dia Internacional da Mulher. Em Santa Catarina, atos aconteceram em diversos municípios do Estado organizado pelo grupo de mulheres 8M, composto por diversos movimentos sociais, sindicais e mulheres independentes. As bancárias também se envolveram na organização dos atos em Florianópolis.

Este 8 de março foi novamente um dia de luta intensificada contra a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Dois anos antes, em 2017, as mulheres já haviam realizado a maior mobilização de todos os tempos, em protesto contra a proposta de fim da aposentadoria que havia sido apresentada pelo enren presidente Michel Temer.

A reforma apresentada pelo atual governo é ainda pior do que a anterior porque, se aprovada, obrigará a grande maioria das mulheres a trabalhar até os 62 anos para poder se aposentar depois de pelo menos 20 anos contribuição ao INSS.

A pauta do 8 de Março, além da defesa da Previdência, também inclui a luta por democracia, por justiça e apuração da responsabilidade pelo assassinato de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro.

Veja também:

SEEB Floripa

1 visualização0 comentário
bottom of page