top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Conquistas históricas marcaram os 30 anos de CCT


Durante essas três décadas de organização e mobilização um ponto que merece destaque é o modelo de negociação adotado a partir de 2004, quando BB e CEF voltaram a participar da mesa única nacional. Em 1994, em uma manobra do então ministro da fazenda FHC, os bancos públicos foram obrigados a sair da Convenção Coletiva Nacional.


Medida essa que teve impacto direto aos trabalhadores dessas instituições que tiveram suas remunerações estagnadas por oito anos, provocando redução brutal do piso salarial, num cenário de total descontrole inflacionário. Portanto, no momento em que celebramos três décadas de organização nacional, reafirmamos que a mesa única como estratégia de luta possibilita uniformizar os direitos e obter melhores resultados para os bancários em todo o país.


Dados reforçam importância da Mesa única



6 visualizações0 comentário
bottom of page