top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

Bancários do BB realizam Plenária para fortalecer a luta contra a reestruturação

Na noite desta quinta-feira (04), cerca de 60 colegas do BB estiveram reunidos em Plenária virtual para atualizar as informações sobre a luta contra a reestruturação no Banco do Brasil.

O encontro teve inicio com o relato do dirigente Marco Silvano, Secretario Geral do Sintraf, sobre os diversos atos ocorridos no país contra a privatização das Empresas Publicas, pelo direito a vacinação contra o coronavírus e pela continuidade do auxílio emergencial.

Também relatou a importância dos colegas do BB participarem da assembleia virtual que ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 10, para deliberar sobre a renovação do Acordo Covid BB.

Resaltou a importância da participação de todos nas atividades promovidas nacionalmente pelas redes sociais em defesa do banco publicos e contra a reestruturação. É fundamental pressionar Deputados e Senadores para que o governo desista do desmonte promovido no BB.


A Assessoria Jurídica do SINTRAFI atualizou as informações sobre ações judiciais contra desgratificação dos caixas, fechamento de unidades e remoções compulsórias

Na sequência, o Dr Gustavo Gaberlini esclareceu as dúvidas sobre os processos judiciais em andamento, todos com o objetivo de preservar os direitos dos empregados do BB.

1 – Gratificação dos Caixas Apesar do BB ter impetrado mandato de segurança contra a liminar obtida nacionalmente pela Contraf, o recurso não foi aceito pelo desembargador relator, indo agora para apreciação da turma.

2 Ação contra fechamento de agencias e remoções compulsórias. O Dr Gustavo considera importante a liminar obtida pelo Sindicato de SP que suspende o fechamento das agências e as remoções. Resta avaliar a possibilidade da extensão da decisão para todo o território.

Outras orientações a partir do debate:

A decisão sobre concorrer ou não às vagas no SACR é individual, dependendo da avaliação de cada um sobre os impactos para sua carreira e vida familiar.

Mesmo com as possibilidades de sucesso da ação coletiva, é importante que os colegas agendem uma consulta com os advogados do Sindicato caso seja necessário ações individuais.

É importante que a manifestação contrária à remoção compulsória, contendo as razões da impossibilidade (gravidez, escola dos filhos, emprego do cônjuge, acompanhamento de familiar em condição de fragilidade, etc) seja realizada via e-mail para a Dipes, com cópia para o Sindicato.

O BB, através do canal Fale Com, disponibiliza também o envio de recurso contra as remoções e solicitação vde exclusão das movimentações. Assunto: Movimentaçao para análise da Gepes Especializada 8929. Neste caso, são consideras as condições de excepcionalidade previstas na IN (saúde, acompanhamento do cônjuge, PAVAS, etc).

Quando se tratar de problemas relacionados à saude do funcionário, os documentos do médico devem ser encaminhados para avaliação do Sesmt SC, e-mail gepes8932.pcmso@bb.com.br. Obs: na abertura do Fale Com há um link que permite registrar demandas relativas à reorganização. Assunto 570.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Edital de Convocação Assembleia Geral Ordinária

O Sindicato dos Trabalhadores no Ramo Financeiro de Florianópolis e Região, por seu representante legal abaixo assinado, convoca todos os trabalhadores em Instituições Financeiras, Bancos, Financeiras

bottom of page