top of page
  • Foto do escritorWilFran Canaris

O que esperam acontecer os que apoiam quem representa o absurdo?

Houve um dia, e não faz tanto tempo, onde se acreditava que o respeito ao outro se consolidava como valor, e apesar das divergências, a sociedade avançava. Era difícil imaginar que, tão rapidamente, iríamos retroceder tanto, como nos recentes maus exemplos dos últimos dias.

Ainda que tardiamente, na medida em que a tragédia bate as nossas portas, deveríamos refletir nas razões que justificam ao atual Presidente da República e suas atitudes absurdas o apoio de significativa parcela da população brasileira.

Por mais que a polarização da disputa política fizesse parecer natural os comportamentos extremados e que a insatisfação com os recentes acontecimentos pudessem fazer crescer a insatisfação das pessoas, era difícil imaginar até onde esta insatisfação nos conduziria.

Quando cotidianamente somos afrontados pelos exemplos de insanidade do atual Presidente da República, menosprezando os riscos de uma pandemia que atinge nações inteiras, nos aproximamos cada vez mais das piores projeções das autoridades em saúde, tornando real e próxima de cada um a possibilidade do pior da doença.

Para a maior parte da população, é incompreensível que alguns sigam apoiando as atitudes e a irresponsabilidade do atual governante, na contramão das autoridades médicas e do que o bom senso recomendam.

Embora tenhamos que continuar lutando para que a insanidade não prevaleça, sabemos que a vida corre contra o tempo e tudo indica que a irresponsabilidade do Presidente poderá custar a vida de milhares de Brasileiros, muitos deles apoiadores dos absurdos defendidos por ele.

SINTRAFI

0 visualização0 comentário
bottom of page